BLOG PASSIONISTA

Institucional



As redes sociais a favor da educação

Cada vez mais cedo, as redes sociais passam a fazer parte do cotidiano dos alunos e essa é uma realidade inevitável. Os recursos tecnológicos transformaram hábitos e comportamentos da sociedade e, também, mudaram o processo de ensino que era aplicado há anos com os alunos. Hoje, por conta de todo o dinamismo proporcionado pela internet, prender a atenção dos estudantes com aulas completamente teóricas é uma tarefa quase impossível.

Devido a isso, as instituições de ensino devem cada vez mais buscar recursos, técnicas e estímulos que tornem as aulas mais interativas e atraentes para os alunos nascidos e criados após a ascensão da internet.

Mas, será que as redes sociais podem se tornar aliadas na educação dos estudantes assim como já acontece com outros recursos tecnológicos? Se você também quer esclarecer essa dúvida, não deixe de conferir 4 formas que permitem que ambas se tornem aliadas:

  1. Melhora da comunicação

    Antigamente, a comunicação entre a escola e os alunos se mostrava bastante engessada e verticalizada. A escola orientava diversas questões para os estudantes, mas praticamente não abria espaço para ouvir o que eles tinham a dizer. A questão é que a sociedade mudou, principalmente com a chegada da tecnologia. Com isso, as redes sociais se tornaram formas de melhorar a comunicação entre instituição e quem a frequenta.

    Ao aproveitar aqueles canais, é possível que os alunos deem sugestões e façam críticas construtivas à instituição, assim como viabiliza a aproximação ainda maior da relação entre as partes. Especialmente com os mais velhos, isso oferece uma importante abertura para a construção de um ambiente muito mais saudável.

  2. Fins pedagógicos

    Ao contrário do que muitos pensam, as redes também podem ser educacionais. Usadas para fins pedagógicos, a consequência principal surge quanto ao desempenho escolar. Grupos para tirar dúvidas ou debater matérias, por exemplo, aumentam o senso de coletividade e ajudam a reforçar a importância de estudar continuamente.

    Atividades voltadas para as redes sociais também são possibilidades, de modo a permitir que os alunos explorem um universo tão conhecido ao mesmo tempo em que aprendem. Isso gera motivação, interesse e melhor fixação de conteúdo, favorecendo o processo de ensino.

    Ao unir corretamente a escola e as redes sociais, é possível gerar mais integração, participação e desempenho escolar. Com isso, tal possibilidade deve ser encarada como uma ferramenta a mais para gerar interesse no ambiente acadêmico.

  3. Maior engajamento nas atividades

    Usar as redes sociais como um canal de comunicação da escola com os alunos é uma estratégia interessante para que o diálogo entre as partes seja ativo. Outra vantagem de aliar as mídias sociais com a educação é que os estudantes demonstram maior engajamento nas ações propostas nesses meios.

    Por exemplo, para divulgar um evento escolar ou um resultado importante conquistado por meio de uma atividade pedagógica, a participação dos jovens nas redes sociais é muito ampla. Além de ser um canal em que eles estão familiarizados, o orgulho de fazer parte da instituição é potencializado nas redes sociais, já que os alunos compartilham com seus amigos e familiares as ações promovidas por eles no colégio.

  4. Conteúdos extras para os alunos

    As redes sociais são bons espaços para compartilhar com os alunos materiais multimídia, vídeos, músicas, trechos de filmes ou de peças de teatro que envolvam assuntos trabalhados em sala, de maneira complementar. Os alunos passam muitas horas nas redes sociais, por isso, é mais fácil pararem para ver conteúdos compartilhados pelo professor no ambiente virtual.

     

onde estamos
place

Qn 05 Área Especial 02/03 – Riacho Fundo I/ DF
CEP: 71.805432

phone

+55 (61) 3399-5329

+55 (61) 3399-5617